MOEMA - Av. Miruna, 162 - (11) 2337-7908

( Próximo à estação Eucaliptos)

LAPA - R. Cerro Corá, 1073 - (11) 2389-5503 

(Próximo à estação Vila Madalena)

CHÁC. STO. ANTÔNIO - R. Verbo Divino, 147 - (11) 2594-9700

(Próximo à estação Alto da Boa Vista)

ESTACIONAMENTO PRÓPRIO NO LOCAL

Siga nossas redes sociais

  • Facebook Espaço da Audição
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn

©  2019 por Espaço da Audição

Posts Em Destaque

Você sabia que o zumbido pode ser tratado, podendo até mesmo ficar imperceptível?

August 14, 2018

Um relatório publicado na revista Frontiers in Neurology afirma: “O zumbido é um dos sintomas somáticos mais comuns que afetam a humanidade”. Ele pode ser considerado o terceiro sintoma que mais causa incômodo, perdendo apenas para dor e tontura intensas e intratáveis.

 

Esse sintoma acomete 15% da população geral, especialmente os idosos (33%). Segundo pesquisas, até mesmo as crianças possuem zumbido com uma frequência maior do que o esperado (19% entre 5 a 12 anos).

 

Mas o que é zumbido?

 

O zumbido é um som percebido nos ouvidos ou na cabeça sem que haja uma fonte sonora ao redor. É um sintoma (e não uma doença!) que geralmente tem origem em algum ponto da via auditiva, podendo estar frequentemente associado a algumas condições de saúde.

 

Muitos indivíduos apresentam o zumbido associado a outros sintomas como perda auditiva (90%), tontura, vertigem e intolerância a sons (20 a 40%), tendo sua qualidade de vida prejudicada.

 

Ele pode se assemelhar a diversos sons como apito, chiado, abelha, panela de pressão, etc. Mas, raramente, o zumbido é rítmico, parecendo-se com batidas do coração ou cliques.​

 

O zumbido tem cura?

 

​​Embora este quadro possa parecer dramático, raramente está relacionado a causas graves e pode ter solução na maioria das vezes. É necessária uma investigação detalhada e personalizada para que seja identificada a sua causa e escolhido o tratamento mais adequado para cada caso.

 

Em muitos casos, além do acompanhamento médico, é necessário um trabalho em conjunto com outros profissionais da área da saúde, como o fonoaudiólogo, dentista, psicólogo, entre outros.

 

A realização do exame de audiometria pelo fonoaudiólogo é fundamental na avaliação da audição e pode fornecer pistas importantes para determinar a origem de cada zumbido, medindo a sua intensidade e suas características.

 

A abordagem da perda auditiva também faz parte do tratamento do zumbido e o aparelho auditivo bem adaptado é um excelente recurso para melhorar a audição e/ou o zumbido.

 

Vale ressaltar que para os pacientes com zumbido, mas sem perda auditiva, existe ainda a possibilidade de adaptação de aparelhos auditivos ou equipamentos com programação seletiva para o tratamento.

 

Quer saber mais sobre zumbido? Clique aqui

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Pedro Neschling revela usar aparelho auditivo há 4 anos: "praticamente não escuto"

October 7, 2019

1/5
Please reload

Posts Recentes